31 de outubro de 2017

Dorama | Age of Youth 2 (2017):

Título: Age of Youth 2 
Episódios: 14
Ano: 2017
Gênero: Drama, Romance, Comédia, Juventude
País de Origem: Coreia do Sul
Onde Encontrar:  Online | Online

Sinopse: A nova temporada se passa um ano após a temporada 1 da "Age of Youth". Jin-Myung (Han Ye-Ri) encontrou um emprego com sucesso depois que ela voltou da China. Ye-Eun (Han Seung-Yeon) ficou um ano fora da escola devido aos efeitos secundários de seu ex-namorado abusivo. Ela agora está retornando à sua universidade. Ji-Won (Park Eun-Bin) ainda não encontrou um namorado. Eun-Jae (Ji-Woo) terminou com seu primeiro amor e está sofrendo. As meninas têm uma nova colega de casam, Jo Eun (Choi A-Ra) que não parece ter ido morar na Belle Epoque coincidentemente (Sinopse kingdomfansubs)

Opinião:
Hey pessoal, faz um tempinho que não faço poste de doroamas por aqui, até comecei a escrever uns dois postes, mas acabei deletando, enfim resolvi comentar de Age of Youth 2 que terminei já faz uns dias e a primeira temporada já possui poste aqui no blog, mas nesse além de revermos personagens antigos temos uma nova personagem que é moradora da república das meninas que participaram da primeira temporada.
Primeiramente esse dorama só tem duas temporadas até agora, pois espero uma terceira, a netflix disponibilizou a primeira temporada com o nome de Hello My Twenties e possui os direitos de disponibilizar a segunda temporada, só não sei quando isso vai acontecer.
Bom como diz na sinopse a história se passa um ano depois dos acontecimentos da primeira temporada, mas nessa temos novos personagens e um mistério em torno de uma carta. Jo Eun (Choi A-Ra) acha uma carta ameaçando uma pessoa de morte a única coisa que tem nela é um endereço da pessoa que corre o risco, por conta de uma confusão ela acaba se enrolando e vai morar na república das garotas, ela acaba demorando um pouco para entregar a carta, mas quando entrega a carta todas ficam preocupadas e começam a investigar e descobrir quem que escreveu a carta, mas no meio desse mistério as personagens também precisam lidar com os seus problemas pessoas, consequências do amadurecimento e da vida adulta.
Muitas das situações elas enfrentam juntas, se apoiam, mas quando veem uma amiga fazendo escolhas erradas alertam, brigam e se unem, são como uma família cheia de problemas e amor.
A história ainda levanta questões como bulimia, mas que quase não foi aproveitado na história, homosexualidade, trauma psicológico, problemas no emprego e outros assuntos. O legal do dorama Age of Youth 2  é que ele é muito próximo da realidade e ainda foge do padrão de muitos doramas que já assisti.

30 de outubro de 2017

Resenha | Temporada de acidentes - Moïra Fowley-Doyle:

Título: Temporada de acidentes
Autor: Moïra Fowley-Doyle
Páginas: 256
Nota:4/5
Skoob: Link

Sinopse: Guardem as facas, protejam as quinas dos móveis, não mexam com fogo. A temporada de acidentes vai começar. Acontece todo ano, na mesma época. Todo mês de outubro, inexplicavelmente, Cara e sua família se tornam vulneráveis a acidentes. Algumas vezes, são apenas cortes e arranhões. Em outras, acontecem coisas horríveis, como quando o pai e o tio dela morreram. A temporada de acidentes é um medo e uma obsessão. Faz parte da vida de Cara desde que ela se entende por gente. E esta promete ser uma das piores. No meio de tudo, ainda há segredos de família e verdades dolorosas, que Cara está prestes a descobrir. Neste outubro, ela vai se apaixonar perdidamente e mergulhar fundo na origem sombria da temporada de acidentes. Por que, afinal, sua família foi amaldiçoada? E por que não conseguem se livrar desse mal?  Uma narrativa sombria, melancólica e intensa sobre uma família que precisa lidar com seus segredos e medos antes que eles a destruam.

Opinião:
To mês de outubro a família de Cara passa por uma situação delicada que eles chama como temporada de acidentes, na qual eles se machucam, algumas lesões podem ser leves e outras graves, mas ninguém sabe explicar o porque isso acontece e nessa temporada Cara percebe em todas as suas fotos a sobra ou reconhece as roupas de uma garota chamada  Elsie e achar a garota torna-se uma das ocupações de Cara, fora que ela precisa lidar com segredos e sentimentos que não deviam existir.
Cara vive junto com sua mãe, sua irmã Alice e Sam seu (ex-Irmão postiço), fora que ela possui uma amiga doidinha e que adora ler cartas chamada Bea.
“Ao final do dia, eis o que descobri sobre Elsie: ela não tem amigos, fica com a caixa de segredos durante os intervalos e ninguém a conhece direito. […] É como se levasse a vida sempre no canto da moldura. A gente a esquece assim que vira a página.”
Eu estava bem curiosa para realizar essa leitura e gostei bastante, mas mesmo assim confesso que me senti um pouco perdida nas partes que Cara dava uma viajada para outro "mundo" com os seus sonhos estranhos, mas a história é boa e não pensem que é algo bobinho, a história toca em alguns assuntos mais pesados, mas de forma leve como os relatos de uma personagem que apanhou do namorado e outras coisas que não posso contar.
Cara é uma garota curiosa e a busca que ela faz por Elsie se torna até algo obsessivo, mas o pior de tudo é que ninguém se lembra da coitada  e achei a resolução disso interessante, mas antes disso fica aquela questão será que Elsie é real ou apenas uma ilusão da garota?
Na história vimos que a união da família e amigos é importante para enfrentar os problemas que surgem e que nem sempre vale a pena ter segredos.
Os personagens dessa histórias são jovens que já perderam pessoas importantes e que ainda não sabem o seu papel no mundo, precisam lidar com o amor, medo, opção sexual, são jovens com fragilidades e também força.
Achei a proposta desse livro legal como disse antes, pois ainda não tinha lido nada parecido, fora que fiquei curiosa para saber quem era essa tal de Elsie. A escrita da autora é envolvente e o livro é curto, então da para ler ele super rápido ainda mais que a história é envolvente.
Uma leitura que indico e uma coisa eu fala, sou desastrada e nem que aconteça em um dia só, mas eu tenho minha temporada de acidentes, porque tem dia que to de um jeito que dá até medo de sair de casa.
"Tento me convencer de que não acredito que, todo ano, durante um mês, minha família fique inexplicavelmente mais propensa a sofrer acidentes. Tento fingir que não me lembro dos acidentes - os grandes, os graves - nem das tragédias do passado."
"Tenho a impressão de que muita coisas não está sendo dita. Acho que minha família toda é assim: evitamos falar das cosias sobre as quais não podemos falar e cobrimos cada superfície para nos proteger do momento inevitável em que tudo virá à tona."



28 de outubro de 2017

Música | Playlist da Semana #93:

Hey pessoal, sábado chegou e junto mais uma playlist no blog. Passei só para dar uma atualizada, estou limpando minha estante de livros e tirando eles da estante para isso, bem cansativo, mas vale a pena.

27 de outubro de 2017

TOP 4| Capas com tons rosas:

Hey pessoal, a pessoa aqui anda sem ideias para fazer postes legais, mais pensando em algo para hoje o único poste que consegui pensar foram esse, mas resolvi não fazer comentários desse aqui. Vocês já leram alguns desses livros?



Sinopse: Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante.




26 de outubro de 2017

Divulgação | Antalogia Mundo Invertido:

 PROJETO: Muita gente se lembra do dia quinze de julho de 2016, a data que entrou no calendário de nerds e geeks pelo mundo. Foi o lançamento de Stranger Things na Netflix. Essa produção, de apenas oito episódios, é uma das melhores séries norte-americanas já feitas. Misturando terror, drama, suspense, sobrenatural, ficção científica e recheada de referências à TV dos anos 80, o produto mostrou que a magia oitentista nunca morrerá. É nesse contexto que surge Mundo Invertido. Mundo Invertido traz uma dimensão paralela, uma espécie de tapete de estrelas por onde caminha o Senhor dos Mundos, uma entidade viva, uma forma pensante que busca apenas uma coisa: causar medo. A entidade cruza pelas dimensões em veias viscosas entre os mundos, crescendo como uma raiz alongada feito tentáculos que abraçam tudo o que vê. É um olho pulsante que está cansado de viver só, por isso Ele chegou, abrindo portas entre os universos e disseminando o que mais tem em si: o medo. O projeto é formado por dez autores convidados e dez autores selecionados.

OS PARTICIPANTES
Organizadores | Bruno Godoi e Stefano Sant’Anna 
Autores Convidados | Camila Pelegrini, Bruno Bianchi, Pedro Riguetti, Denise Flaibam, Claudia Lemes, Carine Raposo, Marcus Barcelos, Rodrigo Passolargo, Douglas Mct E Allan Baxter. 
Autores Selecionados | Rafael F. Faiani, Igor Chacon, Filipe Damiani, Caesar Charone, Rodrigo Ortiz Vinholo, Kali de los Santos, Leno Lugas, Renan Rivero, Glau Kemp e Gustavo Lopes 


"Mundo Invertido" foi organizada pela Editora Wish. O link do financiamento coletivo é esse aqui: https://www.catarse.me/mundoinvertido

 Quem comprar só precisa enviar o nome completo e um print da tela de confirmação de compra para deniseflaibam@hotmail.com, para que a autora possa enviar o Brinde.




25 de outubro de 2017

Resenha | Confesse - Colleen Hoover:

Título: Confesse
Autora:  Colleen Hoover
Páginas: 320
Nota: 5/5
Skoob: Link

*Livro cedido pela editora
Sinopse: Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.

Opinião:
Confesse é o terceiro livro da autora que leio e gostei bastante dele, uma história emocionante, com uma personagem que está lutando por "algo" que importa para ela. Em confesse temos dois personagens quebrados, um deles é a Auburn que se muda para Dallas para que possa trabalhar e para resolver uma outra situação e acaba conhecendo Owen ao procurar um novo emprego. Bom Owen é dono de um estúdio de arte chamado Confesse em que as pessoas deixam suas confissões e depois ele pintar uma arte referente ao que leu. Assim que Auburn e Owen se conhecem acontece uma grande atração entre eles, mas ambos não podem se envolver totalmente por conta de seus problemas mal resolvidos, fora que ainda tem uma pedra no meio do caminho desses dois chamados Trey, olha que homem insuportável.
Eu adorei o casal de protagonista, e era impossível não torcer por eles, mesmo eles se conhecendo a pouco tempo, foi tudo muito intenso, ainda mais porque a Auburn não sentia um desejo por outro homem desde os 15 anos quando namorou o seu primeiro amor Adam e teve uma história triste com ele, ela era jovem e amou Adam intensamente, mas o destino não queria os dois juntos .
"Não me perco nem um pouco com ele, porque é a primeira vez na vida que sinto que alguém verdadeiramente me encontrou."

Auburn é uma mulher de 20 anos, que prefere não ter relacionamentos para que sua situação perante uma pessoa não seja prejudicada, ela é um jovem mulher sensível, lutadora, mas também covarde e isso faz com que duas pessoas se aproveitem desse medo dela para que Auburn faça o que eles quiserem, ela não leva uma vida fácil desde seus 15 anos em que tudo mudou, gente fiquei morrendo de dó dela porque personagens aproveitavam da sua fragilidade e super torci por ela e o Owen, ele dava forças para ela, respeitava. 
Owen passou por um grande trauma na adolescência e isso acabou afastando seu Pai , mas ele também descobriu nessa mesma época sua vocação a pintura e com 21 anos ele tem um atelie que abre uma vez ao mês para o público e ele pinta através das confissões das pessoas. Ele me conquistou desde o começo, porque apesar de seus segredos ele é um personagem que respeitar a Auburn e que não trata ela como propriede, respeita o tempo da dela.
Trey é um personagem que não aparece tanto, ainda bem porque ele é odiável e faz abuso psicológico com  a Auburn e chantagem emocional com a garota e a mãe dele também faz isso, ele não me agradou desde o primeiro momento que apareceu.

Eu simplesmente adorei a leitura desse livro, queria ter escrito algo melhor, mas fiquei com dificuldade e não queria dar spoiler, mas é uma história envolvente em que adorei ler e que também senti muita raiva com um personagem secundário, mas adorei o Owen ele sempre abre mão de algo para ajudar os outros, mesmo que precise ser preso para isso, mais uma vez a Collen me conquistou com uma história sua.
Tem uma mini série baseada no livro eu achei só o primeiro episódio no youtube legendado, preciso achar os outros. E referente a edição desse livro, no final da história o livro possui algumas artes, representando as artes feitas pelo Owen através das confissões.
"Vou te amar para sempre.Mesmo quando não puder mais."
 "Quem sabe? Se for mesmo pra ficarmos juntos, se o destino realmente existir, talvez algum dia desses ela apareça na minha porta."

23 de outubro de 2017

Recebidos | Setembro 2017:

Hey pessoal, demorou mais saiu o vídeo de recebidos de setembro. Bom a qualidade desse não ficou tão bom e eu ainda gaguejei feio nesse vídeo, mas fazer o que né, algum dia aprendo a editar. Dia se segunda eu gosto de postar Resenhas, mas como não deu tempo de terminar de escrever a resenha de Confesse, porque estou fazendo uma atividade de matemática financeira ai resolvi postar hoje.




Resenhas:
Confesse


21 de outubro de 2017

Música | Playlist da semana #92

Hey pessoal, passando para atualizar, vou  ver se coloco os comentários em dias e tentar escrever uma resenha. Sem muito para falar hoje.

19 de outubro de 2017

Quotes da Semana:

Hoje passei a tarde toda fazendo trabalho da faculdade, nem ia postar hoje, mas como sai mais cedo aproveitei para atualizar aqui.

 “Em toda vida ocorre um momento decisivo. Um instante tão extraordinário, tão claro e tão nítido que temos a sensação de havermos sido golpeados no peito, deixados sem fôlego, sabendo, sabendo, sem a menor sombra de dúvida, que nossa vida jamais será a mesma.” (O Conde Enfeitiçado (Os Bridgertons #6)-Julia Quinn)
"O que seria das nossas vidas sem alguns acontecimentos inesperados? Completamente entediante." ( Os 12 Signos de Valentina- Ray Tavares) 
"As palavras dela tinham poder. Se ela dissesse que estava tudo bem, estava tudo bem. Mas, depois de segurar duas pessoas dando seus últimos suspiros, palavras assim não querem mais dizer merda nenhuma." (O Ódio Que Você Semeia-Angie Thomas)
" - Ás vezes, a gente não tem uma segunda chance, Owen. Ás vezes, as coisas simplesmente acabam" (Confesse - Colleen Hoover)
 “Algumas construções são importantes porque são grandes, mas algumas são importantes porque têm lembranças dentro delas.” ( O menino feito de blocos - Keith Stuart)

17 de outubro de 2017

TAG | Minha vida em Livros:

Hey pessoal, olha eu aqui com mais uma tag, eu vi ela lá no blog da Alice do blog aliceandthebooks  e achei interessante para responder.  Responder tag é uma boa opção para quem anda sem tempo de elaborar postes, eu mesma hoje tenho prova de de Gestão de pessoas II e só passei aqui para atualizar.

1. Encontre na sua estante um livro com a inicial do teu nome.
Escolhi Despedaçada, bom esse livro faz parte de uma trilogia que gostei bastante, inclusive do desfecho que esse apresenta, já que é o último livro da trilogia, agora olhando a capa deu vontade de reler a história.

2. Vá contando a sua idade pelos livros da estante, qual livro está no número da sua idade?
Contando a minha idade pelos livros é 26 e caiu no livro do Percy Jackson, essa história não precisa de apresentação e é uma das minhas preferidas.

3. Escolha um livro que esteja ambientado na cidade / estado ou país onde você mora.
Li esse recentemente, se passa no Brasil e a história é muito gostosa de se ler e engraçada. A protagonista dessa história resolve criar um blog na qual relata a experiencia de encontro com todos os signos e ainda tem que lidar com um novo interesse amoroso.

4. Escolha um livro ambientado em um lugar que você adoraria poder conhecer.
Não lembro de nenhum livro nesse momento, estou com um pouco de pressa para postar.

5. Um livro que tenha a sua cor favorita na capa.
Esse livro tem a minha cor favorita não só na capa, mas por dentro também a fonte das folhas é roxo, os quadrinhos é em roxo Essa história é de uma garota que começa a ver por toda a cidade a Princess X uma personagem criada pela sua melhor amiga e por ela, mas a questão é a única que sabia era a melhor amiga que estava morta, então ela começa a pesquisar sobre esse mistério e pode se meter em problemas.

6. De qual livro você tem boas lembranças?
Repetindo livro nessa tag, ele traz boas lembranças porque foi a primeira série de livros que li por completo e me apeguei logo de cara a história desse livro, fora que foi um dos primeiros livros da minha estante. 


16 de outubro de 2017

Resenha | O Conde Enfeitiçado (Os Bridgertons #6) - Julia Quinn:

Título: O Conde Enfeitiçado (Os Bridgertons #6)
Autora: Julia Quinn
Páginas: 304
Nota: 3,6/5
Skoob: Link

Sinopse: Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton. Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele. Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite. Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz. No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo.

Opinião:
Enfim li o sexto livro dessa série e nele conhecemos mais uma irmã que é a Francesca, ela é um ano mais nova que Eloise e se casou antes com a irmã e quando isso aconteceu, ela foi morar na Escócia com o seu marido, bom poucas horas antes de seu casamento ela conhece Michael primo de seu noivo John e melhor amigo, quando ela se casa Michael passa a frequentar a casa para visitar John já que eles são muito unidos e acaba se tornando um dos melhores amigos de Francesca, mas o que ela não imaginava era que ele é apaixonado por ela e que esconde isso muito bem, mas algo inesperado acaba acontecendo e depois de dois anos de casada Francesca fica viúva e Michael acaba herdando o título de Conde e todos os bens que vêm junto com ele.
Tudo mudou, inclusive a amizade de Francesca e Michael, ela está sofrendo e ele não sabe lidar com isso então acaba partindo para índia, onde viveu por muitos anos, mas quando a saudades bate mais forte ele acaba indo para Londres onde a temporada está para começar e Francesca tem o mesmo pensamento, com isso eles se reencontram depois de muitos anos, ela já não está mais de luto e ele é homem cheio de responsabilidade e conforme vão se aproximando sentimentos e desejo começam a surgir.

 “Em toda vida ocorre um momento decisivo. Um instante tão extraordinário, tão claro e tão nítido que temos a sensação de havermos sido golpeados no peito, deixados sem fôlego, sabendo, sabendo, sem a menor sombra de dúvida, que nossa vida jamais será a mesma.”
Francesca é a menos agitada entre os irmãos e amava muito seu marido, mas depois da morte dele a personagem sofre e muito, mas depois que ela sai do livro podemos ver duas mulheres diferentes a primeira era uma que estava experimentando a felicidade do casamento, onde tudo era novo e que se tornou viuvá da noite pro dia e a outra mulher era uma jovem madura, experiente que estava em busca de um novo marido, mas que não tinha aquele frescor e felicidade e que precisa reencontrar ela de novo juntamente com um novo amor. Ela teve que aprender a abrir seu coração novamente e viver.
Michael apesar de ser um mulherengo ele me conquistou, pois ama a Francesca desde o começo e precisa ficar perto dela e de seu amada, é aquele amor que ele não consegue esquecer durante anos, mesmo estando longe. Fora que ele respeita ela e não faz nada sem o consentimento de Francesca, gostei do Romance deles  e estava torcendo para ninguém ser contra (será que alguém foi?, só vocês lendo para saber). Bom e os dois tiveram que lidar com os fantasmas do passado para que pudessem se libertar e serem felizes. 

Bom esse foi um dos livros que menos gostei da série, não sei se foi porque a personagem quase não teve participações nos livros anteriores e eu não sabia o que esperar dele. Dentre os oito, Francesca é a irmã mais séria e até um pouco conservadora no começo do livro, mas depois que ela e o Michael se aproximam ela começa a soltar a devassa que existe dentro dela, até porque a mulher não é mais ingenua, bom no geral eu curtiu a leitura e estou mais ansiosa para o próximo do que estava por esse. 
Como não me empolguei com esse 6 livro acabo não tendo o que falar muito dele mesmo, apesar da resenha simples espero que tenham gostado.

“A vida era mesmo irônica, Michael costumava pensar quando estava de bom humor. Em seus momentos de estado de espírito menos agradável, lançava mão de um adjetivo bastante diferente.”
“Francesca não gostava de achar que era covarde, mas entre ser covarde e tola, escolhia a primeira opção. De bom grado.”
Livros;

  1. O duque e eu
  2. O visconde que me amava
  3. Um perfeito cavalheiro
  4. Os Segredos de Colin Bridgerton 
  5. Para Sir Phillip, Com Amor
  6.  O Conde Enfeitiçado

15 de outubro de 2017

MÚSICA | PLAYLIST DA SEMANA #91:

Hey pessoal, não deu para postar a playlist ontem, mas hoje estou postando ela. Bom e essa semana vai ser mais uma que não vou poder me dedicar ao blog, lotado de trabalhos e olha que eu não trabalho desde quarta-feira 11/10 (feriado no Estado)  esse feriado prolongado foi só fazendo trabalho de Logística e nem deu tempo de começar os que falta, mas depois do dia 22/12 vamos ter mais tempo de férias para descansar. Sério só tivemos uma semana de férias ai vemos feriados e os professores só sabem passar trabalhos. 

13 de outubro de 2017

Lançamentos | Galera Record - Setembro e Outubro:

Hey pessoal, essa semana anda meio corrida que fica até complicado elaborar postes diferentes, aqui foi feriado na quarta-feira e já emendou com o da quinta e para a minha felicidade não tive aula desde terça e não fui pro estágio desde quarta já que hoje emendarem, mas em vez de aproveitar esse feriado só servi para estudar, to cheia de trabalhos e ainda falta uns quatro para fazer e terminar um outro tudo para semana que vêm.  Pelo menos consegui ler um livro nesse feriado né e para piorar meu sábado e domingo também vai ser focado nos trabalhos.


Sinopse: Um romance sobre amadurecimento e a dureza de crescer em uma cultura que exige das mulheres nada menos que a perfeição. Corey Ann Haydu explora as complexidades da família, os limites do amor e quão duro é crescer em uma cultura que premia a beleza acima de qualquer outra coisa e cobra das mulheres nada menos que a perfeição. Uma leitura atual que dialoga direta e honestamente com a multiplicidade de questões enfrentadas por adolescentes e jovens no mundo todo – a confusão do primeiro amor, os dramas familiares e a construção da própria identidade no meio de toda essa loucura. O livro está cheio de personagens realistas, que tropeçam nos próprios medos e cometem erros com alguns dos quais é impossível não se identificar. Montana e sua irmã Arizona têm um pacto  desde que a mãe as deixou: São elas duas contra todo o mundo. Com o pai sempre imerso em relacionamentos tóxicos e uma sucessão de madrastas essa foi a maneira que encontraram de seguir em frente. Mas agora que Arizona foi para a faculdade Montana se sente deixada pra trás e perdida, mergulhando em uma amizade vertiginosa e empolgante com a ousada Karissa. No meio disso tudo, Montana encontra uma distração em Bernardo. Resta saber se Montana têm a confiança necessária no que sentem um pelo outro para encaixar Bernardo na sua vida imperfeita.


Sinopse: Um romance sobre amadurecimento e a dureza de crescer em uma cultura que exige das mulheres nada menos que a perfeição. Corey Ann Haydu explora as complexidades da família, os limites do amor e quão duro é crescer em uma cultura que premia a beleza acima de qualquer outra coisa e cobra das mulheres nada menos que a perfeição. Uma leitura atual que dialoga direta e honestamente com a multiplicidade de questões enfrentadas por adolescentes e jovens no mundo todo – a confusão do primeiro amor, os dramas familiares e a construção da própria identidade no meio de toda essa loucura. O livro está cheio de personagens realistas, que tropeçam nos próprios medos e cometem erros com alguns dos quais é impossível não se identificar. Montana e sua irmã Arizona têm um pacto desde que a mãe as deixou: São elas duas contra todo o mundo. Com o pai sempre imerso em relacionamentos tóxicos e uma sucessão de madrastas essa foi a maneira que encontraram de seguir em frente. Mas agora que Arizona foi para a faculdade Montana se sente deixada pra trás e perdida, mergulhando em uma amizade vertiginosa e empolgante com a ousada Karissa. No meio disso tudo, Montana encontra uma distração em Bernardo. Resta saber se Montana têm a confiança necessária no que sentem um pelo outro para encaixar Bernardo na sua vida imperfeita.

12 de outubro de 2017

Quotes da semana - O Ódio Que Você Semeia - Angie Thomas :

Hey pessoal, semana retrasada eu li o livro O Ódio Que Você Semeia da Angie Thomas  que possui uma ótima histórias e boas frases e por isso separei algumas para esse poste.

"Às vezes, você pode fazer tudo certo, e mesmo assim as coisas dão errado. O importante é nunca parar de fazer o certo."
"Ter coragem não quer dizer que você não esteja com medo, Starr. Quer dizer que você segue em frente apesar de estar com medo." 
"Engraçado. Os senhores de escravos também achavam que estavam fazendo a diferença na vida dos negros. Que os estavam salvando do "jeito selvagem africano". Mesma merda, século diferente. Eu queria que pessoas como eles parassem de pensar que gente como eu precisa ser salva."
"Sejam rosas que crescem no concreto." 
"As palavras dela tinham poder. Se ela dissesse que estava tudo bem, estava tudo bem. Mas, depois de segurar duas pessoas dando seus últimos suspiros, palavras assim não querem mais dizer merda nenhuma."
“Você é branco. Eu sou negra. Você é rico. Eu não.”
Isso não importa”, ele diz. “Eu não ligo pra esse tipo de coisa, Starr. Eu ligo pra você.”
“Esse tipo de coisa é parte de quem eu sou.”
"... The Hate U Give Little Infants F...s Everybody, ou o ódio que você passa para as criancinhas f... com todo mundo. Eu censuro o que falo. Estou falando com o meu pai, né?

11 de outubro de 2017

Resenha | Os 12 Signos de Valentina - Ray Tavares:

Título: Os 12 Signos de Valentina
Autora: Ray Tavares
Páginas: 382
Nota: 4,5/5
Skoob: Link

*Livro cedido pela editora
Sinopse: Isadora é ariana e seu ex namorado pisciano... Inferno astral! Em busca da combinação astrológica perfeita, ela cria um blog para relatar suas experiências. Isadora descobriu da pior forma possível que o namorado a traíra. E com sua melhor amiga, ainda por cima! A estudante de jornalismo entra numa fossa sem fim. Sem nenhum estágio à vista, ela se afoga em filmes feitos para chorar, pizza e em sua mais nova obsessão: stalkear o perfil do ex namorado no Facebook. Até descobrir exatamente o que deu errado entre ela e Lucas: seus signos são incompatíveis. Basta encontrar um rapaz de libra e seu mundo entrará nos eixos novamente. Com a nova obsessão e a desculpa do trabalho final de jornalismo online, uma reportagem investigativa sob um pseudônimo, Isadora une o útil ao agradável e cria um blog para relatar a experiência: Os 12 signos de Valentina. Já que precisa encontrar o libriano perfeito, por que não aproveita e experimenta os outros signos do zodíaco para ter certeza mesmo?
Opinião:
As minhas últimas leituras tinham sido histórias boas para fazer o leitor pensar e por isso precisava ler um livro leve, engraçado e envolvente e foi o que achei em Os 12 signos de Valentina e com esse livro concluo que as leituras que andei fazendo por esses dias foram bem positivas.
Bom na história conhecemos Isadora ou simplesmente Isa, ela levou um pé na bunda de seu namorado depois de seis anos juntos e isso foi fim pra ela que passou um bom tempo sofrendo, mas quando sua prima leva uma para balada a garota meio que fica super interessada sobre os signos e por conta de um trabalho da faculdade acaba criando um blog chamado Os 12 signos de valentina, onde a intensão é ter um encontro e beijar cada cara de um signo diferente e depois postar o perfil e como foi o encontro com determinado signo, logo de cara o blog vira um sucesso e todos querem saber quem é a misteriosa Valentina e no meio dessa pesquisa acaba conhecendo um novo interesse amoroso Ela teve que aprender a conciliar os dois, mas nem sempre é o certo e uma hora a bomba cai.
"Quando assistimos a comédias românticas, geralmente nos deparamos com a mocinha muito triste por um final de namoro logo nos primeiros quinze minutos de filme (...), mas esses filmes nunca mostram quando o falecido decide retornar, enviar mensagens, tentar algum contato."
Isadora sofreu e resolveu dar a volta por cima ao criar o blog, ela corria o risco de ficar mal vista, mas também tinha que ser feliz e aproveitar a vida e ela provou ser mega engraçada, principalmente quando está bêbada e sempre acontece de pagar mico na frente do garoto que está afim, quem nunca né?. Eu gostei da protagonista porque ela fez algo fora de sua zona de conforto, ou seja, teve novas experiências e conheceu pessoas diferentes, ela começou a história sofrendo com um pé na bunda e deu a volta por cima.
Andrei é meu no Crush literário, nerd, fofo, inteligente e já quero um desse na minha vida. Adorei o personagem e gostava da interação dele com a protagonista, eles pareciam se completar, fora que ele se divertia com os micos da Isa, e ela acaba sendo ela mesmo na frente dele. Ele é um rapaz compreensível mesmo com as mancadas que a garota ando dando com ele. E está realmente apaixonado pela garota. Muito amor por esses personagens.
Claro além dos dois anda temos a participação de Marina (? esqueci o nome dela) prima da Isadora e a incentivadora para o inicio do blog, sempre carregando a prima para fora de casa, festas, jantares junto com o seu namorado Rodrigo e os dois são daqueles casais que contam tudo um para o outro e que realmente aproveitam o relacionamento que tem.
O ex-namorado da Isadora é um saco, se o relacionamento não tava bem ele devia ter conversado com ela e não traído, ainda bem que esse ser aparece pouco e nem lembro o nome dele.

A história é gostosa, envolvente e para ler super rápido e o legal é  um livro Nacional, bom eu achei legal que as partes das postagens dela no blog imitam uma aba da internet e gostava de ler a descrição, alguns desses caras que ela saiu eram chatos pra caramba.
Bom apesar de ser um livro até grandinho o leitor acaba não percebendo os capítulos passarem e como disse no começo realmente precisava de uma história assim para me distrair. Queria ter feito uma resenha melhor, mas ultimamente ando complicado, ando pensando mais nos meus trabalhos da faculdade e a dificuldade para resenhar os livros aqui reinam, quem sabe isso mude na próxima semana.

"O que seria das nossas vidas sem alguns acontecimentos inesperados? Completamente entediante." 
"Fique com alguém que saiba valorizar a pessoa que tem ao lado e que saiba o quão sortudo é em tê-los ou tê-las."  
"Por que é que a gente tem esse estranho fetiche de nos sabotar?" 

Entrando no clima do livro:
Os virginianos estão sempre prestando atenção nos menores detalhes e seu profundo senso de humanidade faz com que seja um dos signos mais cuidadosos do zodíaco. Sua abordagem metódica de vida garante que nada é deixado ao acaso. Os virginianos são muitas vezes delicados, mas também muito cuidadosos. Virgem é um signo de Terra, preferindo as coisas conservadoras e organizadas, e os que dependem deles. As pessoas nascidas sob o signo de Virgem levam uma vida muito organizada; e mesmo que eles sejam bagunceiros, seus objetivos e sonhos estão localizados em pontos estritamente definidos em sua mente. Como Mercúrio é o planeta regente de Virgem, este signo tem um sentido muito aguçado de fala e escrita, bem como todas as outras formas de comunicação. Muitos virginianos podem optar por seguir uma carreira como escritor ou jornalista. Virgem é muitas vezes incompreendido, por causa do simbolismo do nome deste signo. É como se experimentassem tudo pela primeira vez. (Crédito)
E vocês que signos são?

9 de outubro de 2017

Resenha | O Ódio Que Você Semeia - Angie Thomas:

Título: O Ódio Que Você Semeia
Autora:  Angie Thomas
Páginas: 378
Nota: 5/5
Skoob: Link
* Livro cedido pela editora


Sinopse: Starr aprendeu com os pais, ainda muito nova, como uma pessoa negra deve se comportar na frente de um policial. Não faça movimentos bruscos. Deixe sempre as mãos à mostra. Só fale quando te perguntarem algo. Seja obediente. Quando ela e seu amigo, Khalil, são parados por uma viatura, tudo o que Starr espera é que Khalil também conheça essas regras. Um movimento errado, uma suposição e os tiros disparam. De repente o amigo de infância da garota está no chão, coberto de sangue. Morto. Em luto, indignada com a injustiça tão explícita que presenciou e vivendo em duas realidades tão distintas (durante o dia, estuda numa escola cara, com colegas brancos e muito ricos - no fim da aula, volta para seu bairro, periférico e negro, um gueto dominado pelas gangues e oprimido pela polícia), Starr precisa descobrir a sua voz. Precisa decidir o que fazer com o triste poder que recebeu ao ser a única testemunha de um crime que pode ter um desfecho tão injusto como seu início. Acima de tudo Starr precisa fazer a coisa certa.
Angie Thomas, numa narrativa muito dinâmica, divertida, mas ainda assim, direta e firme, fala de racismo de uma forma nova para jovens leitores. Este é um livro que não se pode ignorar.

Opinião:
Gente que livro bom é esse, que nem sei por onde começar direito e depois de uma semana que concluir a leitura estou aqui tentando escrever essa resenha.
Na história conhecemos Starr uma garota negra e que vive dois mundos diferentes o do bairro pobre onde mora e o da escola de ricos e na maioria brancos onde estuda e ela procura agir diferentes em ambos, na onde vive não quer ser vista como a garota que estuda no colégio rico e no colégio não quer ser vista como a garota do gueto, mas essa não é a principal questão da história e sim a luta por voz e justiça.
Starr viu mais um de seus melhores amigos morrer e dessa vez foi Khalil que estava no mesmo carro que ela e foi morto injustamente por um policial (a morte dele está na sinopse) , depois disso ela precisa lidar com mentiras e verdades que surgem, tentando justificar a morte de Kahlil, mas que mesmo assim não é justificável e presenciamos personagens criando vozes, mudando de vida e  muitos protestos gritando por justiça.
Confesso que no inicio senti que estava assistindo um noticiário falando da morte de um jovem negro injustamente pela policia e os protestos, a autora falou a realidade do que acontece e isso é bom para abrir os olhos da sociedade. 
Bom e além das questões principais ainda precisar ver seu pai lidando com um traficante do bairro ameaçando a família e problemas com seus amigos.
"As palavras dela tinham poder. Se ela dissesse que estava tudo bem, estava tudo bem. Mas, depois de segurar duas pessoas dando seus últimos suspiros, palavras assim não querem mais dizer merda nenhuma."

7 de outubro de 2017

Música | Playlist da semana #90 - Máquina do Tempo Spotify:

Hey queridos leitores, tudo bom com vocês? espero que sim. Bom hoje eu to aqui precisando limpar o meu quarto e apanhando de uma estante de ferro tentando montar ela para arrumar meus livros, minha outra estante ta sem espaço e precisava de outra, mas a nova é um pouco menor que a antiga =/, mas quando organizar tudo vou postar a foto no facebook, queria até comprar um enfeite novo, mas infelizmente saiu salário de vários estagiários, mas os que tem conta na caixa até agora nada.
Bom sobre a playlist de hoje, vocês já devem saber que o Spotify  criou uma playlist chamada Sua Máquina do tempo tentando adivinhar as músicas que escutavam no passado e por isso a ideia do poste, escolhi as músicas que eles mais acertaram na playlist e que escutei muitos, teve umas que não lembro de ter escutado. Uma que acertaram bem foi Hilary Duff, na playlist aparece três músicas dela, mas ainda faltou muitas.

5 de outubro de 2017

Sorteio | 4 anos do Blog Momento Crivelli:

Hey pessoal, tudo bom com vocês? espero que sim. Bom  hoje o blog completa quaro anos de existência, nem parece que faz tudo isso, ele virou meu xodó apesar de as vezes estar desanimada. Adoro vir postar aqui, responder comentários, fora que nesses quatros anos já conheci pela internet (não pessoalmente) blogueiros e autores bem legais. Nesses quatro anos algumas coisas mudaram e uma delas foi que minhas resenhas melhoraram e estão muito melhor hoje. Eu nunca consigo escrever nada sentimental, mas agradeço por ter vocês visitando e comentando aqui.


Regras:

  • O sorteio é composto por duas entradas obrigatórias e as outras são opcionais.
  • Ao término do sorteio com o resultado revelado enviarei os livros em até 30 dias
  • O sorteio é válido apenas para o território Nacional
  • Enviarei um e-mail para o ganhador e ele terá 48 horas para responder, se não sortearei outra pessoa.
  • Também verificarei se o sorteado cumpriu a regra da entrada que foi sorteado.
  • Comente no poste com o e-mail de vocês.


a Rafflecopter giveaway


4 de outubro de 2017

Livro por Tema | Personagens escritoras:

Hey pessoal o poste de hoje são livros com personagens escritoras e eu escolhi dois que acho que se parecem um pouco.
Não vou falar especificamente de cada livro, mas no geral as protagonistas das duas histórias são escritoras, solteiras, que se deparam com um homem sem memoria em sua porta. Só que Como se fosse magia é uma história leve e engraçada e Quando o amor bater a sua porta já é um romance mais intenso, com uma protagonista mais solitária e de redescoberta na vida profissional. 

Sinopse: Eva nasceu com o dom de passar os sentimentos para o papel, com isso conquistou milhares de leitores pelo mundo. Agora ela precisa escrever o último livro da sua série de fantasia, mas está com um bloqueio há um ano e não sabe o que fazer. Enquanto ela tenta se reconectar a seus personagens, a vida coloca em seu caminho um homem igualzinho a um dos seus protagonistas. O problema é que o desconhecido surge sem nenhuma lembrança de quem ele é. Enzo está muito confuso. A princípio, ele duvida da conversa maluca de Eva. Mas, mesmo com seu ceticismo, ele não pode negar que se sente extremamente ligado a ela. O que isso quer dizer? Envolvidos por esse curioso e estranho mistério, Eva e Enzo estão prestes a descobrir que às vezes para que duas pessoas se encontrem mundos inteiros são capazes de colidir.


Sinopse: Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu. Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso. Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade. O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja. Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer. 

3 de outubro de 2017

TOP 5| Livros desejados no momento #2

Hey pessoal, como não vai dar tempo de terminar minha resenha antes de ir para a faculdade, resolvi aparecer com aqui com a parte dois de livros desejados no momento. Eu fiz um poste desse estilo em Janeiro (Parte 1) desse ano e que não consegui comprar nenhum ainda, mas já tenho minha listinha do black friday desse ano.



Sinopse: Nesta obra, junto com Hermawan Kartajaya e Iwan Setiawan, Kotler examina as importantes transformações na passagem do marketing tradicional para o digital (4.0). Eles mostram não só como a conectividade alterou de forma radical o modo como vivemos, mas como entender os caminhos do consumidor na era digital e adotar um conjunto novo de métricas e práticas de marketing. Para alcançar o sucesso em um ambiente tão mutável, complexo e competitivo, o marketing deve guiar o consumidor ao longo de uma jornada que começa na apresentação e assimilação da marca e termina na fidelização total. Este livro ensina você a identificar as novas tendências e aplicações do marketing digital para compreender melhor:





Sinopse: Irmãs. Estranhas. Sobreviventes.
Quando Lydia contou para a irmã que o cunhado havia tentado estuprá-la, Claire não acreditou. Dezoito anos depois, porém, tudo o que Claire achava saber sobre o marido se prova uma mentira. Quando vídeos escondidos no computador de Paul mostram uma face terrível do homem que ela julgava conhecer, Claire percebe que o drama de sua família tem muitas camadas, que precisarão ser descobertas antes que a assustadora verdade por fim venha à tona.




1 de outubro de 2017

Primeiras Impressões | Nunca olhe para dentro - Amanda Ághata Costa:

Título:  Nunca olhe para dentro 
Autora: Amanda Ághata Costa

Sinopse:  Nem sempre a vida é colorida como um quadro ou suave como uma pincelada, às vezes é o contrário de tudo isso. Depois de perder os pais em um acidente de carro aos oito anos de idade, a única coisa que Betina precisa fazer é encontrar o responsável por ter destruído sua família na noite que daria início à sua próspera carreira como pintora. Agora longe dos pinceis e das paletas, ela está focada em terminar a primeira graduação e procurar na justiça um pouco de consolo para o caos que o seu passado ainda traz. Ao lado de seus amigos e sob o teto de uma tia que a detesta, ela perceberá de que cores as pessoas são feitas, e do quanto é realmente necessário olhar para dentro de tudo aquilo que a assombra, mesmo que para isso precise passar por uma inesperada decepção. 



Opinião:
A autora Amanda Ághata Costa mandou as primeiras páginas de seu novo livro Nunca olhe para dentre e que tem essa capa linda. Bom nessas 40 páginas conhecemos Betina a protagonista dessa história que é uma garota com um talento nato para a pintura e que parece ver as cores das pessoas, a história começa quando ela tem oito anos e que perde seus pais em um grave acidente (está na sinopse) , depois a história passa a ser ambientada 12 depois do que aconteceu, Betina já é uma mulher adulta e que ainda quer justiça. Depois da perda sua vida não foi fácil, já que ela foi obrigada a viver com uma tia que a odeia e que faz questão de tornar a vida dela infeliz. 
Ela largou a vida de pintura e agora está focada na sua formação em psicologia, apesar de não viver sorrindo, ela possui dois melhores amigos que sempre animam seu humor que são a Paola e o Caio. 
Gente nessas poucos  páginas a história já me conquistou, já vi um possível romance e percebi que a protagonista ainda vai enfrentar muitas coisas, fora que tem muitos quotes lindos e da para perceber a delicadeza da história e inclusive já quero ler o resto da história. Não contei muito aqui, porque foram poucas páginas e é só ´para conhecer a história e acender a vontade de ler.
"Um mundo sem paletas, pincéis e telas para despejar todas as cores contidas nos meus pensamentos não seria um lugar onde eu gostaria de viver. Alguns pensam através de situações, eu penso através de cores."
"O que ela não sabe é que suicídio nunca me pareceu uma saída, nem mesmo um atalho. As merdas da vida acontecem todos os dias, com milhares de pessoas. O detalhe fodido é que eu tive o azar de ter acontecido várias merdas de uma só vez."
"A grandeza é altruísta e vem de dentro, mas é impossível algo assim brotar em um lugar vazio e frio. Os grandes nunca precisaram provar nada para ninguém. Eles simplesmente eram gigantes."
"Ninguém é perfeito. Não há só uma pessoa que não erre pelo menos uma vez por semana. O que diferencia nossos erros e acertos, é a responsabilidade que tomamos pelas nossas falhas. A decência de admitir a incapacidade de ter acertado, nos dá o maior dos créditos, o caráter."