19 de julho de 2017

Filme | A bailarina:

Título: A bailarina
Duração: 1 hora e 30 minutos
Gênero: Animação
Ano: 2017
País de Origem: França

Sinopse: Paris, 1869. Uma sonhadora menina órfã toma uma atitude arriscada para conseguir o que quer: foge para Paris para realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Lá ela decide se passar por outra pessoa, e consegue uma vaga no Grand Opera, onde vai aprontar muitas aventuras.







Opinião:
Hey pessoal, quase não apareço com a coluna de filmes por aqui, mas é que assisto mais série e fico com preguiça de escrever sobre os filmes que assisto, mas esse acho que vale a pena comentar aqui, já que vi poucos blogs comentarem sobre ele.
Eu assisti o filme com a minha mãe e ela também adoro, nele conhecemos uma garota órfã que sonha em ser Bailarina, essa garota em questão se chama Félicie e junto com o seu melhor amigo Victor que sonha em ser inventor e juntos fogem para ir a Paris, um lugar lindo. Eles tem um sonho, mas não tem onde morar e ai que acidentalmente acabam se separando por um dia, por conta de um pequeno acidente, ela acaba indo parar o teatro que é onde fica a escola de dança e conhecendo Odette que é uma faxineira e manca, ela começa a vivem junto com Odette e vai parar na casa que a mulher trabalha onde moram a patroa e sua filha chamada Camile, uma garotinha que se mostrou insuportável e mimada desdo começo destratando a coitada da Félicie que não tinha feito nada.
Quando surge uma grande oportunidade, Félice acaba não desperdiçando, mesmo que o que esteja fazendo seja errado, já que ela finge ser a Camile para estudar na escola de dança.
“Cada nota, cada som, cada harmonia, precisa ter seu corpo vibrando da ponta do seu cabelo até as pontas dos dedos dos pés.” (Frase do filme)
A Bailarina é um filme fofo que fala sobre não desistir de seus sonhos, mesmo que algumas pessoas achem que ela não merecia isso, por ter crescido em um orfanato. A personagem se esforça para alcançar o nível das outras garotas, mostrando que tem potencial para ser uma ótima bailarina, dançar mantinha ela feliz. O filme mostra uma garota jovem batalhando pelos seus sonhos, mas isso não é possível sem esforço e que quando alcançar o que almeja não pode deixar isso subir para a cabeça e ignorar as pessoas que querem o melhor.
Bom eu não sou lá muito boa para falar de filmes, mas eu indico esse, fora que eu adorei a trilha sonora dele.

“Deixei você entrar na minha vida e você mentiu para mim.”
“Ah, sim, Paris! Cidade do romance. Cidade dos sonhos.”

Trailer:
 

Música:



18 de julho de 2017

TAG | RBD

Hey pessoal, vi essa tag no blog o que têm na nossa estante e como uma boa fã do RBD, não pude deixar essa oportunidade passar né, juntando livros e nome de músicas do RBD.


1) Rebelde: Um livro/série que todo mundo ama, menos você
Muitos já falarem bem desse livro, inclusive eu curti o primeiro, mas não consegui chegar ao final do segundo,  faz muito tempo que li e na época ele meio que me lembrou crepúsculo o que deu uma desanimada. Mas quem sabe algum dia eu de uma nova chance a esses livros.

2) Solo Quédate En Silencio: um livro cujo final te deixou atônito
Essa vou ficar devendo, já li muito livro que me deixou atônito, mas no momento não lembro de mais nenhum.

3) Sálvame: Um livro que acabou sendo uma fria da qual você gostaria de ter sido salvo

A série de livro Os imortais, até o segundo livro eu curti a história, mas depois tudo desandou, a protagonista era uma chata, algumas coisas ficarem sem sentido como transformar a amiga da protagonista em vilã. Se não me engano ficou faltando dois livros para terminar, mas nunca tive coragem.

17 de julho de 2017

Resenha | Os Segredos de Colin Bridgerton (Os Bridgertons #4) - Julia Quinn:

Título: Os Segredos de Colin Bridgerton 
Autora: Julia Quinn
Página: 336
Nota: 4\5
Skoob: Link
Sinopse: Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres. Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade. Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penélope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum. Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente. No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.
Opinião:
É oficial Penelope Featherington  se tornou uma solteirona aos 28 anos, sem nunca ter recebido uma proposta de casamento, ela era a garota na margem da sociedade e que dificilmente alguém reparava. Ela sempre teve uma queda por Colin Bridgertons, mas sabia que nunca teria a chance com ele, inclusive ele só dançava com ela por piedade já que a garota nunca era chamada por outros.
Colin é daqueles personagens que adora viajar, tem um semblante mais leve e brincalhão comparado com os seus irmão mais velhos e nunca viu em Penélope uma esposa em potencial, ela era apenas a melhor amiga de sua irmã e a garota esquecida, mas quando ele volta de sua recente viagem  acaba se aproximando da garota e se tornando um amigo, com isso os dois começam a conversar e ele descobre que penélope é diferente, não sabe se foi ela que mudou ou se foi ele que mudou e nunca tinha percebido os encantos da garota, mas também não entende o porque passou a se importar com o que ela pensava.

“Há momentos na vida de uma mulher em que seu coração dá uma cambalhota no peito, em que o mundo parece atipicamente cor-de-rosa e perfeito, em que uma sinfonia pode ser ouvida no toque de uma campainha.”
Penélope  é uma personagem encantadora e que muitos não percebem isso, até mesmo o Colin era cego a respeito dela, mas quando se tornou solteirona e sua mãe já não tinha mais expectativas, Penélope se tornou mais livre para fazer e vestir o que deseja,  apesar de ser "rejeitada" ela não ficava reclamando disso a torta e a direita se fazendo de vitima. Já tinha se conformado com o seu destino e além disso era uma Mulher de bom coração que não gostava de ver outras pessoas serem humilhadas. A respeito dela fiquem de olho nas quietinhas, elas podem surpreender.
Colin é o terceiro da linha, por isso seu nome começa com C (obvio). Ele é o mais brincalhão, o mais leve, mas também tem suas preocupações já que não tem uma forma de deixar seu legado ao mundo, como um que era Visconde e outro que era pintor. Viajar era uma forma de escapar desses sentimentos que o perturbavam, fora que ele sempre escrevia em seus diários a respeito das viagens.
O romance de Colin com Penélope vai acontecendo de uma forma natural, quando eles se tornam mais próximos já que ela descobre um dos segredos dele e pode se dizer que Colin também está mais maduro, ele quer ter objetivos em sua vida e não somente se divertir.
Eloise é uma Bridgerton  e uma personagem secundária nesse livro, mas que adorei ver a interação dela com a sua melhor amiga Penélope, já que as duas eram consideradas solteironas pela idade que possuíam, inclusive estou mega curiosa para começar a ler o próximo livro já que ela que é a protagonista.

Um livro em que personagens possuem segredos improváveis e personagens que percebem o que estavam perdendo.
Confesso que estava curiosa para ler esse livro desde as pequenas aparições de Colin nos livros anteriores ainda mais que já sabia quem seria o seu par romântico e mesmo assim minhas expectativas não estavam altas, o que era bom já que não corria o risco de me decepcionar e fico feliz de ter gostado dessa história.  Os protagonistas desse livros são cativantes,  inclusive a irmã de Colin que é secundária desse, mas a protagonista do próximo
Uma revolta que tive e como que essa sociedade não percebeu pessoa incrível que Penélope é, sempre excluindo a coitada ou não percebendo que ela está por perto, inclusive sua própria família fazia isso com ela, falando em família a mãe dela é a mulher mais fofoqueira que aparece nos outros livros e por esse ser a história da filha a mulher aparece muito pouco.
Até me identifiquei um pouco com a Penélope na parte de ser aquela pessoa que nunca é notada mesmo estando por perto, será que encontro um Colin na minha vida, bom voltando a história gostei de ver a relação dos dois, eles agiam de forma natural, brigam e se divertem, fora que o casamento aconteceu bem antes das últimas páginas, então podemos acompanhar um pouco da vida de casados dele. Nesse quarto volume um grande segredo é revelado, coçando para falar, mas só lendo para descobrir.

"Talvez aquilo fosse a definição do amor, afinal. Querer uma pessoa, precisar dela e a adorar até mesmo nos momentos de fúria."
''Colin não sabia quando acontecera ou se alguém além dele se dera conta disso, mas Penelope Featherington não era a mesma mulher que ele conhecia.''

Livros:
O duque e eu
O visconde que me amava
Um perfeito cavalheiro






15 de julho de 2017

Música | Playlist da semana #79:

Hey pessoal, tudo na boa para vocês? Bom ontem nem tive animo para postar e hoje esperei criar alguma força pra vim postar, peguei uma gripe forte e to acabada, hoje até amanheci pior que ontem, ta eu e minha mãe nessa situação, mas ela tá pior, eu no to com animo para nada, mas vou tentar ler um livro mais leve.

13 de julho de 2017

Divulgação | A Maldição de Romeu e Julieta -Leandro Zapata:

Em outubro o autor Leandro Zapata lançara o livro  A Maldição de Romeu e Julieta.

Sinopse do livro:
A Maldição de Romeu e Julieta conta a história de Aaron Van Helsing, um garoto de quatorze anos de idade e um mago descendente de Abraham Van Helsing. Verônica, mãe de Aaron, recebe uma proposta para ser a diretora de um intrigante internato, o Colégio Católico Padre Andersen. Em seu primeiro dia de aula, Aaron descobre que sua velha amiga, Ashley, estuda neste internato. Verônica e o misterioso Mestre estão peculiarmente interessados em Ashley. Semanas se passam e Aaron mantém-se longe de Ashley e se torna amigo de Angel Heckel, uma garota com alguns segredos e com a estranha habilidade de trazer à tona a verdade que os outros deixam escondido através de seu poder de persuasão. A morte brutal de um colega de classe e uma mensagem deixada para ele, levam-no a acreditar que a maldição do livro foi desperta e que Ashley está em perigo, por isso ele viaja até a capital para encontrar um meio de salvá-la; ele acredita que sua resposta está nas mãos de uma organização secreta, a Ordem dos Cavaleiros da Rosa Cruz.


Trailer

Links do autor