23 de setembro de 2017

Música | Playlist da semana #88:

Hey pessoal, essa semana quase não consegui postar, mas quase nem tive tempo,fora que anda batendo um desanimo. Bom de todas essas músicas apenas uma é bem antiga que é Daughtry - Home
tema de abertura da segunda temporada de  Chesapeake Shores .

21 de setembro de 2017

[REPOST] Resenha | Para Sir Phillip, Com Amor (Os Bridgertons #5) - Julia Quinn:

Título: Para Sir Phillip, Com Amor (Os Bridgertons #5)
Autora: Julia Quinn
Páginas: 276
Nota: 4/5
Skoob: Link

Sinopse: Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos.  Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar?  Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. 

Opinião:
E aqui estou com a resenha do quinto livro da série Os Bridgertons  e Para Sir Phillip, Com Amor se passa ao mesmo tempo que  Os Segredos de Colin Bridgerton .
Eloise recusou ao longo de suas temporadas vários pedidos de casamento, ela queria casar por amor, mas como nunca encontrou quem fizesse seu coração bater mais forte, acabou se tornando uma solteirona aos 28 anos junto com sua melhor amiga, mas todos os seus planos mudam quando sua amiga casa e ela resolve ir atrás de seu futuro sem contar para ninguém da família.
Ela conheceu Phillip através das quartas que começou a trocar com ele, Phillip era viúvo de sua prima. Um homem que precisa urgentemente de uma esposa nova. Para essa nova escolha ele não leva em consideração a paixão.

''Eloise Bridgerton não tinha nada de sutil ou insegura. Ela nunca daria voltas quando podia ir direto ao assunto.''

Eloise é uma pessoa que adora falar, o que as vezes incomoda as pessoas um pouco, já que além de falar, ela gosta de dar ordens, interferir na vida dos outros. Ela é uma personagem cheia de atitude, que inclusive foge de casa sem se preocupar com sua reputação, viaja sozinha e ainda vai se hospedar na casa de um homem que nunca viu. Eloise é determinada, que nem seus irmãos conseguiam segurar ela. Uma mulher que sonha em sentir algo pelo homem que vai casar e vai em busca desse sentimento ao conhecer o Phillip, 
Phillip é um homem fechado que fica recluso na sua estufa, ele é um botânico e cuida mais de suas plantas do que de seus filhos, já que não sabe muito bem lidar com eles. Ele tem medo de se transforma em seu pai, já que o homem não foi bom para phillip e os filhos dele por sinal são terríveis, vivem aprontando para cima dos empregados. Ele quer uma mulher para ser mãe de seus filhos, mas ao conhecer Eloise ele passa a ter desejos por ela (levando em consideração que ele nunca amou sua esposa, mas na história ele explica o porque). Fazia anos que não sentia por uma mulher o que sentiu ao ver Eloise, além dela não ser muito bem o que esperava, inclusive achava que ela era feia só porque era uma solteirona. Ele é teimoso, não sabia lidar com esses sentimentos e até evitou por um tempo ficar perto dela, mas não resistiu, mas como ela também era teimosa, os dois acabavam discutindo.

Queria ter feito uma resenha melhor, mas doente fica difícil, apesar dos protagonista se conhecerem pessoalmente a muito pouco tempo, eles poderiam dizer que já se conheciam um pouco, afinal passaram um ano trocando cartas e contando alguns detalhes sobre eles, apesar do Phillip ter omitido umas duas coisinhas na carta.
Adorei ver a relação de Eloise com os filhos dele. No começo as crianças não aceitavam ela na casa e iam aprontar, mas Eloise cresceu com muitos irmãos, então acabou revidando, mas também era bondosa e se preocupava e acabou conquistando as crianças e o pai deles. Uma outra coisa que gostei foi quando os quatro irmão homens de Eloise apareceram,  adoro ver a interação dessa família protetora e eles queriam matar o phillip, mas depois de umas boas doses de bebidas estavam como se fossem amigos de infância.
Bom  agora faltam quatro livros para terminar essa série, quero terminar até dezembro, se alguém quiser me dar o livro seis de presente eu aceito de bom grado, se não até setembro quero comprar o seis e o sete. Se virem erro ortográfico na resenha  avisem, já que não deu muito tempo de corrigir.
“Suspirou, afundando no assento. Ele precisava de uma esposa. Praticamente qualquer uma serviria. Não se preocupava em como ela seria. Nem com a sua situação financeira. Também não precisava ser alguém que soubesse fazer contas de cabeça, falar francês ou cavalgar.
''Você é um Bridgerton. Não me importa com quem vai se casar ou qual será seu nome depois que disser seus votos diante de um padre. Você sempre será uma Bridgerton, e nós nos comportamos com honra e honestidade, não porque esperam isso de nós, mas porque é assim que somos.''
Livros:

  1. O duque e eu
  2. O visconde que me amava
  3. Um perfeito cavalheiro
  4. Os Segredos de Colin Bridgerton 
  5. Para Sir Phillip, Com Amor



20 de setembro de 2017

Nacionalizando | Dicas de livros #14:

Hey pessoal, faz dias que não apareço com essa coluna por aqui, então hoje ela está de volta com mais dicas de livros Nacionais.


Título: A segunda chance de Zoe
Autora: Layla Casanova

Sinopse: Depois de um período fora do país, Zoe finalmente sabe que rumo dar a sua vida. Deixando para trás carreira, cidade e um antigo amor, Zoe muda-se para San Francisco e começa sua residência em medicina de emergência. Recém-chegada ao Hospital Geral Mercy Bay, a ideia era focar na sua carreira, mas quando ela esbarra no bombeiro mais quente da cidade no Pronto Socorro, tudo muda. Adam é bonito, engraçado e empenhado em salvar as pessoas, e Zoe percebe que não vai conseguir ficar longe dele desde o seu primeiro encontro. O problema é que as complicações de um relacionamento não estavam nos seus planos.Zoe acabou de descobrir o poder das segundas chances ao mudar de emprego, mas será que Adam conseguirá lhe mostrar o poder de uma segunda chance para o amor também?
Esse livro é uma leitura tão gostosa e envolvente que já quero ler o segundo. A protagonista Zoe é médica e o Adam é bombeiro e eles acabam se envolvente. A história é envolvente e tem um ambiente dessas séries médicas que assistimos, fora que o casal me conquistou. O livro já foi resenhado aqui no blog, o link da resenha é esse AQUI, caso alguém queria ler.

18 de setembro de 2017

Resenha | Amores Improváveis - Vários Autores:

Título:  Amores Improváveis  no colégio
Autores: Lavínia Rocha, Adelina Barbosa e Fernanda Medeiros, Augusto Alvarenga, Bibi Ribeiro, Mariana Cestari, Aimee Oliveira
Páginas: 416
Nota: 3,5/5
Skoob: Link
* Livro cedido pela editora

Sinopse:  Em terra de colégio La Famb, Laura Albuquerque é rainha. Bonita, popular, invejada. Ela é presidente do Grêmio e namora o Arthur, mas está apaixonada pelo Tom, que já beijou Ágatha Martins. Descolada, tatuada e de cabelos cor de algodão-doce, Ágatha quer fazer faculdade de Música, mas seus pais desejam uma filha advogada. Ela é apaixonada por Bruno, o professor mais bonito da escola, que não vai muito com a cara de Júlio Corrêa, um novato tímido e sensível. A deficiência que o faz mancar pelos corredores da escola esconde um passado cheio de sombras e um futuro repleto de incertezas. Júlio é amigo do Léo e está apaixonado por Ágatha, que é melhor amiga do cara mais popular do colégio......Arthur Stein é encrenqueiro e superficial, mas inteligente. Famoso aonde quer que vá, ele provoca o ódio de muitos, como o de Júlio, e os suspiros de muitas, como os de Anahí, a garota de ascendência indígena, ou de Stella Bastos, a novata excêntrica que sonha em ser atriz e veio para o La Famb para fugir de um trauma da escola antiga, mas se vê encurralada pelo bullying, ou ainda de Olívia Jansen, a aluna mais sonhadora e delicada do primeiro ano. Tudo o que ela quer é o amor de Arthur, e se libertar das comparações com a “irmã perfeita”, mas seu desempenho em Química não ajuda. Por isso vai contar com a ajuda de Antônio e de Nina Mattos, a coreana nerd e baixinha de notas acima da média e jeito extrovertido. Nina é amada por seus pais adotivos, mas esconde um segredo, que não é só dela, mas também de Laura, Ágatha, Júlio, Arthur, Stella e Olívia... Tudo o que eles querem é se encontrar. O que une pessoas tão diferentes? Quanto se esconde por trás de tantos... amores improváveis?
Opinião:
Esse é um livro de contos e eu vou falar dele de uma forma geral e não especificamente de cada conto, bom a história possui sete contos escrito por sete autores diferentes e que e passam em um mesmo ambiente que é o Colégio interno La Famb e lá os personagens dos contos se cruzam.  
O livro é dividido em duas partes, sendo assim os contos também são divididos.
Um dos contos que mais gostei foi o do Julio que tem o título de Rebobine e foi escrito pelo Augusto Alvarenga, esse é um conto de um personagem quieto, que já passou por muita coisa e que sofre bullying e no meio disso tudo faz ótimas amizades.
Outros que chamaram minha atenção foram os contos da Laura (Por trás de uma máscara, de Lavínia Rocha)  e do Arthur, pois a imagem que tive deles eram um pouco irritante nos outros contos, ela pareceria ser aquela patricinha mimada e o Arthur (A jornada do Anti–Heróis, de Fernanda Medeiros) um bad boy que todas as garotas queriam e por conta disso estava curiosa para a histórias deles e acabei gostando de ambos os contos, porque conhecemos mais afundo os sentimentos dos personagens e o motivo de agirem assim, não podemos deixar enganar pela aparência dos dois. Laura parece querer ser a melhor de todas, mas não por futilidade e sim por conta da pessoa mais importante de sua vida e o Arthur apesar da aparência é um bom amigo e sabe que o que faz as vezes é errado, fora que ele já deu bons conselhos para os seus amigos próximos.
Os personagens desses contos, são jovens com problemas em algumas matérias, com medo de enfrentar seus pais por conta da faculdade, dúvidas no curso que vai escolher, amigos que se apaixonam pela mesma pessoa, obsessão, amizades, música. São apenas jovens tentando encontrar seu lugar no mundo.
Os títulos dos contos e seus protagonistas são Cateto do quadrado escrito pela Aimee Oliveira que trás a história da Stella,  Rebobine do  Augusto Alvarenga com o Júlio de protagonista,  O que aconteceu comigo de Bibi Ribeiro que apresenta Olívia, Encontrando Nina de Mariana Cestari com a protagonista Nina,  Sonhos de Algodão Doce da Adelina Barbosa e apresenta a personagem Ágatha,  Por trás de uma máscara de Lavínia Rocha com a protagonista Laura e por fim A jornada do Anti–Heróis da Fernanda Medeiros que apresenta o Arthur.

"As vezes sinto saudade do que nunca tive. Quando acontece eu para e penso nas coisas que tenho. Queria que me ajudasse a amenizar o vazio...então eu espero a sensação passar. Me distraio. Mas o vazio continua sempre lá...é só que , ás vezes , percebo que nada será realmente esquecido"
" As ausências incontestáveis se espalhavam por entre os carvalhos e os reflexos fantasmagóricos da lua. O vento frio me perfurava através da fantasia de padre ensopada na pele." 
“A verdade é que nunca existiu diferença entre o alto, o baixo, o gordo, o magro, o branco, o preto, o liso, o cacheado, o esportista, o nerd. Não deveriam existir agressões, minorias, ódios, classes. Toda aquela imundície que nos separava, nos diminuía no único elo que nos tornava iguais. Éramos seres humanos.”

16 de setembro de 2017

Música | Playlist da semana - Espanhol #87:

Hey pessoal, a playlist de hoje é um especial de música em espanhol, aceito dicas de cantores pop em espanhol. Agora Vou aproveitar e responder os mais de 30 comentários atrasados e pensar se começo meu trabalho de logística.


14 de setembro de 2017

TAG | Livros únicos :

Hey pessoal e aqui estou trazendo respostas para mais uma tag. Eu fui indicada pela Diane do blog Coisas de Diane e achei a tag bem interessante.


1- Livro único que te deixou desejando continuação
Eu achei a história desse livro, interessante e diferente que merecia um outro livro para aprofundar nos seres que vivem nas floresta dessa cidade relatada nele.

2- Livro único que cumpriu sua proposta, só um foi suficiente
É um romance leve. bom para se ler em um dia e um único livro foi suficiente.

13 de setembro de 2017

TOP 5 | As Trilogias da minha estante:

Hey pessoal, eu estava sem ideia de poste e resolvi fazer um top 5 com as trilogias que possuo na minha estante. Vou colocar apenas a sinopse dos primeiros livros estarão no poste, pois se não ele ficara enorme.
Trilogia Jogos Vorazes
Jogos Vorazes: Ambientado num futuro sombrio, Jogos Vorazes é pioneiro de uma tendência que vem ganhando força no mercado de best-sellers juvenis: a dos romances distópicos e pós-apocalípticos. Primeiro volume de uma trilogia, o livro narra uma luta mortal encenada por crianças e transmitida ao vivo para todos os habitantes de uma nação construída sobre as ruínas de um lugar anteriormente conhecido como América do Norte. Com sua narrativa ágil e ousada, Jogos Vorazes foi traduzido para mais de 30 idiomas e vem atraindo leitores de diversas faixas etárias. Constituída por uma suntuosa Capital cercada de 12 distritos periféricos, a nação de Panem se ergueu após a destruição dos Estados Unidos. Como represália por um levante contra a Capital, a cada ano os distritos são forçados a enviar um menino e uma menina entre 12 e 18 anos para participar dos Jogos Vorazes. As regras são simples: os 24 tributos, como são chamados os jovens, são levados a uma gigantesca arena e devem lutar entre si até só restar um sobrevivente. O vitorioso, além da glória, leva grandes vantagens para o seu distrito. Quando Katniss Everdeen, de 16 anos, decide participar dos Jogos Vorazes para poupar a irmã mais nova, causando grande comoção no país, ela sabe que essa pode ser a sua sentença de morte. Mas a jovem usa toda a sua habilidade de caça e sobrevivência ao ar livre para se manter viva. As reviravoltas do jogo e as dificuldades enfrentadas pela protagonista levam os leitores a sofrer junto com ela, enquanto descobrem um pouco sobre seu passado e seu relacionamento com Peeta Mellark, o outro tributo enviado pelo Distrito 12 para lutar nos Jogos Vorazes.

12 de setembro de 2017

Recebidos | Agosto 2017:

Hey pessoal, era para ter postado esse vídeo na semana passada, mas acabei enrolando para enviar para o youtube. Enfim como estou postando o vídeo hoje, apenas um dos livros do vídeo foi resenhado e vou deixar o link para quem quiser ler. Espero que gostem do vídeo.


Resenhas:

11 de setembro de 2017

Resenha | O Treinador do Meu Sobrinho - Vanessa Gramkow:

Título:  O Treinador do Meu Sobrinho
Autora: Vanessa Gramkow
Páginas:146
Nota: 3,5/5
Skoob: Link

Sinopse: Duda aprendeu que a vida não era fácil, mas nunca se deixou abater pelos obstáculos. Conhecida por sua personalidade ousada, ela valorizava sua própria liberdade acima de quaisquer sentimentos. A vida estava sempre sob seu controle... até seu sobrinho, o jovem tenista Igor, garantir-lhe que André, seu treinador, seria o “homem ideal” para ela. Duda não acha que precisa de qualquer relacionamento sério, aliás, aprendeu que o amor não existe para todos, especialmente não para ela. Por isso, tudo soava muito divertido quando Duda soube que finalmente conheceria o “tão mencionado” André; o problema é que o tal “homem ideal” era um babaca que parecia muito disposto a irritá-la. Agora, Duda precisará lidar com as expectativas românticas de seu sobrinho, a monitoria estressante de sua irmã mais velha, o confronto com seu próprio passado doloroso e a verdade de que nunca é tarde para aprender a amar.
Opinião:
O Treinador do Meu Sobrinho é uma história leve e rápida de se ler, nessa história conhecemos Duda, uma ex-modelo e agora fotografa que viaja para assistir o campeonato de Tênis de seu sobrinho para tirar fotos e lá acaba conhecendo um homem lindo, insuportável e que ela não resiste ao primeiro olhar.
Na história conhecemos a família dela, amigos, e seus medos, sonhos.  A protagonista não gosta de receber ordens de um homem, inclusive é relatado em uma de suas conversas que ela sofreu um pouco por ter namorado um homem machista que não queria que ela trabalha-se e fosse apenas um troféu ao seu lado. 
" - Eu queria apenas amar você, meu amigo. Por que esse sentimento tem que nos fazer sofrer tanto?"
Duda é uma mulher independente e que sabe o que quer, totalmente apaixonada pelo seu sobrinho mais novo e faz tudo o que ele quiser. Ela tem dificuldades de se apaixonar, mas quando conhece o André começa a sentir algumas coisas estranhas, mesmo tentando afastar ele e o que estiver sentindo, até por isso discute bastante com ele e beija bastante também. Duda é uma mulher que tem medo de se entregar totalmente ao amor e isso acaba fazendo ela magoar algumas pessoas ao seu redor. E ao tentar esquecer um amor acaba tomando uma decisão errada o que a deixa infeliz também. A respeito de uma coisa que me incomodou um pouco é que a irmã mais velha a trata como se fosse uma criança que não tem capacidade de fazer suas próprias escolhas.
André em um primeiro momento parece ser bem mulherengo, ainda mais pela situação que ele e Duda se conhecem, mas ele é um ótimo treinador de Tênis e o sobrinho da duda venera ele. André é um sem vergonha, descarado e da em cima da Duda na cara dura, sempre procurando uma chance de agarrar ela. Ele é um personagem intenso e que como falei fez algo lindo, mas que acabou atrapalhando sua relação com a mulher que ama. Ele foi sincero na relação,  apesar de não ter contado logo de cara uma coisa para evitar mal entendidos, fora isso ele se entregou ao sentimentos que tinha. Queria muito saber mais do passado dele com uma personagem que aparece.
Além dos protagonistas aparecem na história a irmã de Duda que me irritei com ela, o sobrinho dela, Alexandre e uma outra personagem que prefiro não falar quem é.

Eu gostei da leitura, da para ler bem rápido já que é um livro curto, mas por ter apenas 146 páginas acabou faltando aprofundamento nas histórias dos personagens, o André mesmo fez algo lindo e se tivesse sido explorado seria bem legal fora que traria uma personagem secundária mega interessante. Eu também queria saber o porque da protagonista Duda ter uma dificuldade de amar, abrir  o seu coração para um romance.
Bom apesar de não ter uma profundidade maior nos personagens é um bom livro para ler em um final de semana, ou até mesmo em um dia, eu li em mais tempo porque estava lendo um outro livro ao mesmo tempo que ainda estou lendo).
Gostei de conhecer a escrita da autora e acho que ela poderia desenvolver uma histórias de dois personagens que não chegaram a se conhecer nesse livro.  Sempre é bom ler histórias mais leve e histórias assim na minha opinião combinam perfeitamente com o verão.
Queria poder falar mais detalhes do livro só que como é curto, o que eu falar demais pode ser um spoiler.

"Para ser príncipe, basta ser homem; e para ser encantado, basta ter atitude. Você precisa deixar uma fresta em seu coração, para ele entrar."
"Não sabemos o que a vida nos guarda, vamos sofrer sim, mas os momentos de felicidade que o amor traz compensam mais.  Perde alguém é ma coisa natural, a morte chegará para todos um dia, mas antes de isso acontecer temos é que viver, especialmente viver amando a cada instante."


9 de setembro de 2017

Música | Playlist da semana #86:

Hey pessoal, demorou mais saiu o posto de música de hoje, espero que vocês curtam. Hoje não to no clima de ficar escrevendo por conta do calor.

8 de setembro de 2017

Quotes da Semana:

Hey pessoal, como foi o feriado de vocês? o meu infelizmente foi estudando, mas pelo menos deixei a minha sexta mais tranquila, para continuar os trabalhos no sábado.

“E sabe o que eu vejo agora? Que só o amor não é suficiente. Eu mereço mais, Mereço ser amada e respeitada; mereço me sentir querida por aquilo que eu sou. Mereço ter a total confiança do homem que está ao meu lado.” (Cadu e Mari -  A.C. Meyer)
"Estamos aqui para salvar vidas, e me pergunto qual o ponto de aprender tudo que venho aprendendo se não tiver ao menos uma chance para tentar salvar alguém."(A Segunda Chance de Zoe - Layla Casanova)
"Não existe uma vida sem alguns machucados, sem uma dor aqui e outra ali. Isso não quer dizer que não vale a pena. Eu não posso impedir que ele aprenda com seus erros, porque não tenho uma resposta para o que ele"  (A Segunda Chance de Zoe - Layla Casanova)
“Penso que nós, gente vulgar, talvez tenhamos esquecido a verdade básica: que não temos o direito de julgar os outros.“ (Confissões -Kanae Minato)
“ – Me diga uma coisa, você subestima todo mundo ou só a mim? É porque sou uma garota?– É porque você é humana – explodiu ele. – Porque você pode ser a alma mais valente e destemida que eu já conheci, mas ainda é muito mais feita de carne e osso do que de poder. Astrid Dane é feita de magia e maldade”. ( Um Tom Mais Escuro de Magia-  V.E. Schwab)

6 de setembro de 2017

TOP 5| Cinco livros que tenho na minha estante e ainda não li:

Hey pessoal, tenho mais de 20 livros acumulados na estante e que ainda não consegui ler, como fica difícil selecionar todos peguei só cinco para mostrar para vocês. Em breve irei ler eles.


Sinopse: A trilogia Crônicas de Amor e Ódio chega ao fim de maneira arrasadora. A história de Lia inspirou muitos leitores a embarcarem em uma jornada extraordinária repleta de ação, romance, mistérios e autoconhecimento, em um universo deslumbrante criado pela premiada escritora Mary E. Pearson, onde o poder feminino é a força motriz capaz de mudar e fazer toda a diferença no novo mundo em construção. Lia sobreviveu a Venda, mas não foi a única. Um grande mal pretende destruir o reino de Morrighan, e somente ela pode impedi-lo. Com a guerra no horizonte, Lia não tem escolha a não ser assumir seu papel de Primeira Filha, como uma verdadeira guerreira — e líder.  Enquanto luta para chegar a Morrighan a tempo de salvar seu povo, ela precisa cuidar do seu coração e seus sentimentos conflituosos em relação a Rafe e as suspeitas contra Kaden, que a tem perseguido. Nesta conclusão de tirar o fôlego, os traidores devem ser aniquilados, sacrifícios precisam ser feitos e conflitos que pareciam insolúveis terão que ser superados enquanto o futuro de todos os reinos está por um fio e nas mãos dessa determinada e inigualável mulher.


Sinopse: Com uma narração intrigante, não linear e uma prosa magnífica, Caitlín vai moldando a sua obsessiva personagem. Imp é uma narradora não confiável e que testa o leitor durante toda a viagem, interrompe a si mesma, insere contos que escreveu, pedaços de poesia, descrições de quadros e referências a artistas reais e imaginários durante a narrativa. Ao fazer isso, a autora consegue criar algo inteiramente novo dentro do mundo do horror, da fantasia e do thriller psicológico.







Sinopse: Aos 25 anos, a doce Julie Barenson perdeu seu grande amor para uma doença impiedosa. Porém, ao partir, o marido lhe deixou dois presentes inesperados: um filhote de cão dinamarquês chamado Singer e a promessa de que cuidaria dela para sempre, onde quer que estivesse. Quatro anos depois, Julie enfim está pronta para tentar amar de novo e se vê dividida entre Richard Franklin, um belo e sofisticado engenheiro que a trata como uma rainha, e Mike Harris, um mecânico gentil que – junto com Singer – tem sido seu melhor amigo desde que ficou sozinha. Ela tem que tomar uma decisão. Só não pode imaginar que, em vez de lhe trazer felicidade, essa escolha transformará sua vida num pesadelo causado por um ciúme tão doentio que está a um passo de se tornar criminoso. O guardião contém tudo o que os leitores esperam de um romance de Nicholas Sparks, mas desta vez ele se reinventa e acrescenta um novo ingrediente à trama: páginas e mais páginas de muito suspense.


Sinopse: A guerra está chegando ao fim. Mas o planeta só pode ser salvo se todos se unirem para lutar. Último livro da série Os Legados de Lorien, Unidos somos um chega à sua conclusão repleto de surpresas e reviravoltas de tirar o fôlego. A guerra entre a Garde e os mogadorianos, que por tanto tempo ocorreu em segredo, tornou-se um conflito global. Agora, os humanos não só precisam lidar com a realidade de que alienígenas existem, mas também que terráqueos estão começando a manifestar poderes sobrenaturais. Além de adolescentes espalhados por todo o mundo que desenvolveram Legados, a Garde também vai poder contar com o reforço do Exército dos Estados Unidos, que conseguiu reunir uma equipe livre de agentes de infiltrados. No entanto, será necessário proteger esses novos recrutas sem treinamento, já que os mogs parecem interessados demais em usá-los para seus planos misteriosos. Só que John Smith não é mais o mesmo. Depois de perder as pessoas que mais amava nesse conflito, o Número Quatro não parece disposto a permitir que haja mais vítimas. E com um incrível poder recém-descoberto, John pode ser a arma mais forte contra os mogadorianos.  Mas que sacrifícios serão necessários na batalha final? Será que John abrirá mão da própria vida para proteger os demais? Em um desfecho cheio de ação e decisões difíceis, o destino da Garde nunca mais será o mesmo.


Sinopse: Abandonado pelos pais. Criado por corvos. Caçado pela escuridão. Caw, abandonado pelos pais quando tinha apenas 5 anos, sobrevive sozinho numa cidade governada pelo crime. Mas ele não está desamparado- é o último representante da linhagem dos ferinos de corvos e tem o poder de comandar e conversar com as soturnas aves. Caw vive escondido em um ninho, no alto de uma árvore, no parque da cidade de Blackstone, até que uma fuga na prisão local o força a se revelar aos humanos... E à Lydia, a filha do diretor do presídio. Juntos descobrem que os fugitivos também são ferinos que planejam trazer seu temido líder, o Mestre da Seda, de volta da Terra dos Mortos. Para impedi-los, Caw e Lydia precisam encontrar os ferinos que se escondem pela cidade e convencê-los a mais uma vez lutar pelas forças do bem.

5 de setembro de 2017

Conto | Só Por Uma Noite - Renata Varela:

Título:  Só Por Uma Noite
Autora: Renata Varela
Página: 47
Skoob: Link

Sinopse: "Às vezes, tudo o que você tem que fazer é olhar em volta e perceber que tudo o que você precisa está bem ao seu lado."  O que você faria se o amor de sua vida morasse bem ao lado, mas vocês nunca tivessem se encontrado até o dia que ele está se mudando?  Alex e Alexia se encontram em circunstâncias não favoráveis, e o tempo que os resta para fazer alguma coisa acontecer é de, apenas, uma noite. Algumas horas serão determinantes para traçar o destino dos dois. Será só um laço de amizade criado em poucas horas, ou um romance apaixonado está sendo construído sem que eles percebam?

Opinião:
Só por uma noite é um conto curtinho da Autora Renata Varela, nele conhecemos Alexia que após chegar de um dia cansativo é obrigada a subir escadas e ao descansar antes de entrar em seu apartamento ela conhece Alex. Depois de uma conversa um pouco confusa ela descobre que ele foi seu vizinho por mais de um ano e eles nunca se encontram antes e agora ele está de partida, mas ao ajudar Alex ao organizar sua mudança  eles acabam conversando bastando e se conhecendo nessas poucas horas que restam antes dele partir.
 É um conto gosto, eu gosto de contos, mas as vezes queria saber mais dos personagens que acaba não sendo tão aprofundando, mas no jogo de mentira e nas perguntas de um outro jogo acabamos conhecendo um pouco mais de ambos e descobrindo o motivo de o porque Alex estar de partida. 
Bom e desde o momento que esses personagens começar a conversar, podemos notar uma tensão entre os personagens e o interesse, mas a coragem e momento certo parecia nunca chegar para eles. Ambos são personagens sozinhos  e com algo que desejam mudar em sua vida.
Eu gostei do conto e li ele super rápido, com uma escrita leve e gostosa.  Não tenho muito mais o que falar porque a história é curta, mas é legal ver a interação e a conversa dos personagens.

"Cavalos e espadas. Alexia voltou a delirar sobre fantasia medieval. Alex dava cada vez mais deixas para que ela viajasse completamente em sua imaginação."
"Pfff, Alexia pensou; tem, tem algo que você possa fazer sim, mas estamos confundindo os sentimentos aqui. Você pode me livrar desse calor que está subindo, por favor? Agradecida."

4 de setembro de 2017

Resenha | Um Tom Mais Escuro de Magia #1 - V.E. Schwab:

Título: Um Tom Mais Escuro de Magia
Autora: V.E. Schwab
Páginas: 420
Nota: 4,5/5
Skoob: Link

* Cedido pela editora
Sinopse: Kell é um dos últimos Viajantes — magos com uma habilidade rara e cobiçada de viajar entre universos paralelos conectados por uma cidade mágica. Existe a Londres Cinza, suja e enfadonha, sem magia alguma e com um rei louco — George III. A Londres Vermelha, onde vida e magia são reverenciadas, e onde Kell foi criado ao lado de Rhy Maresh, o boêmio herdeiro de um império próspero. A Londres Branca: um lugar onde se luta para controlar a magia, e onde a magia reage, drenando a cidade até os ossos. E era uma vez... a Londres Negra. Mas ninguém mais fala sobre ela. Oficialmente, Kell é o Viajante Vermelho, embaixador do império Maresh, encarregado das correspondências mensais entre a realeza de cada Londres. Extra-oficialmente, Kell é um contrabandista, atendendo pessoas dispostas a pagar por mínimos vislumbres de um mundo que nunca verão. É um hobby desafiador com consequências perigosas que Kell agora conhecerá de perto. Fugindo para a Londres Cinza, Kell esbarra com Delilah Bard, uma ladra com grandes aspirações. Primeiro ela o assalta, depois o salva de um inimigo mortal e finalmente obriga Kell a levá-la para outro mundo a fim de experimentar uma aventura de verdade. Magia perigosa está à solta e a traição espreita em cada esquina. Para salvar todos os mundos, Kell e Lila primeiro precisam permanecer vivos.
Opinião:
Hey pessoal, era para ter resenhado esse livro antes da Bienal começar, mas acabei me enrolado com algumas coisas e ainda bateu um desanimo esses dias, mas enfim trago a resenha dele agra e espero que gostem.
Nessa  historia conhecemos Kell que é um Antari e consegue viajar ara mundos diferentes, ele vive na Londres Vermelha  e foi criado pela realeza. A Londres Vermelha possui magia mas não chegam a usar de forma sedenta. Os outros mundos são a Londres Cinza que não possui mais magia; A Londres Branca que possui magia e são bem perigosos e por fim a Londres preta que foi destruída.
Kell funciona como um garoto de recado, levando bilhetes entre essas Londres para que a harmonia possa ser mantida. Só que toda vez que viaja faz algo que não devia e quando retorna para a Londres vermelha acaba se metendo em um grande problema e ele precisa fugir e encontrar uma forma de resolver o que aconteceu, no meio disso tudo acaba conhecendo Lila que o chantageia para viajar junto entre os mundos. Os dois acabam formando uma boa dupla. 

“ – Me diga uma coisa, você subestima todo mundo ou só a mim? É porque sou uma garota?– É porque você é humana – explodiu ele. – Porque você pode ser a alma mais valente e destemida que eu já conheci, mas ainda é muito mais feita de carne e osso do que de poder.Astrid Dane é feita de magia e maldade”.
Kell é mistério, ele parece ter uma boa vida, foi criado pela Realeza, é um Antari o que é um pouco complicado, mas sente que ainda falta algo e parece estar procurando alguma coisa que nem sabe o que é. Apesar de ser considerado importante acaba quebrando regras e só o seu irmão sabe que ele contrabandeia coisas de outros mundos . Ele transmite uma sabedoria e uma calma mesmo nos momentos de mais ação, fora que ele parece ser mais velho do que é.  Adorei o personagens e acho que grandes coisas ainda estão para acontecer com ele, espero que não sejam só ruins.
Lila é da Londres Cinza e sonha em navegar em um barco, mas para isso precisa sempre estar roubando. Ela é uma garota que teve que aprender a ser forte desde criança, inclusive matar na adolescência para a sobrevivência. Ela é independente e mão leve.  Estou com uma teoria do que ela pode ser, que surgiu depois do encontro de Lila com o Tieren já que ele descobriu algo que ninguém percebia ao olhar para ela, quem já leu tem alguma teoria também?
Holland é um vilão, mas tem alguns momentos que cheguei a sentir dó dele, pois ele sempre sofreu e a consequência é a pessoa que se tornou, ele era uma posse de um rei, um escravo que não era considerado família e precisava fazer tudo que seu soberano manda. Apesar de ter dó dele em alguns momento, eu também senti raiva por conta das coisas que ele chegou a fazer como Kell.

 Um Tom Mais Escuro de Magia  é um ótimo livro, com ação, mistério já que um artefato misterioso aparece com Kell e ele não fazia ideia da onde ele tinha vindo, com traições de personagens e a luta pelo poder, além de pessoas mais sedentas por magia.
Eu queria ter feito uma resenha mais completa como umas que andei vendo, mas a dificuldade para escrever a resenha é grande, pois é uma história que tem um pouco de complexidade, mas uma leitura fácil. O livro é dividido em quatorze parte com títulos diferentes e os capítulos são bem rápidos de se ler, não são tão extensos o que deixa a história mais dinâmica, já que as vezes capítulos muitos longos deixam a história cansativa.
Gostei dos personagens, Kell que transmite uma sabedoria e parece ser mais velho do que é, e olha que ele  tem 21 anos e Lila uma jovem mulher que já viu muita coisa e que é independente, luta pelo que deseja inclusive com grande importância na história. Um personagem que curti e que apareceu pouco foi o Ryan o príncipe e irmão de Kell, ele é daqueles mulherengo, engraçado e com um semblante mais leve comparado a de Kell, espero que ele apareça mais nos próximos livros.

Esse foi o segundo livro da autora que leio, mas adorei esse, já que a minha primeira experiência com a escrita dela não foi positiva. Não podemos julgar um autor apenas por um livro.
"Na verdade, ninguém sabia o que levava ao nascimento de um Antari. Alguns acreditavam que era obra do acaso, uma jogada de sorte. Outros diziam que os Antari eram divinos, destinados a grandes feitos. [...] Mas independente das teorias sobre como surgiam, a maioria acreditava que os Antari eram sagrado. Escolhidos pela magia ou abençoado por ela, talvez. Mas certamente marcados por ela."
"Algumas pessoas dizem que a magia vive na mente, outras no coração – falou Holland calmamente – Mas você e eu sabemos que ela vive no sangue." -

2 de setembro de 2017

Música | Playlist da semana #85

Hey pessoal, essa semana o blog ficou meio abandonado, infelizmente estava muito desanimada, mas vou ver se consigo escrever alguns postes esse final de semana para o blog. Não gosto de deixar aqui sem atualizar.