10 de abril de 2017

Resenha | Heidi, a Menina dos Alpes - Volume 1 - Johanna Spyri:

Título:  Heidi, a Menina dos Alpes - Volume 1
Autora: Johanna Spyri
Páginas: 160
Skoob: Link

*Cedido pela editora

Sinopse: Heidi , órfã desde muito pequena, mora numa cidadezinha da Suíça com sua tia Dete. Quando recebe uma excelente proposta de trabalho em Frankfurt, na Alemanha, a tia decide entregar a menina, agora com 6 anos, ao avô, um velho zangado com o mundo, rabugento, que vive isolado no alto de uma montanha dos Alpes suíços. Ao chegar ao novo lar, Heidi logo se apaixona pelas maravilhosas paisagens, pelas flores e pelos animais dos vales e das montanhas, além de ganhar um novo amigo, Pedro das Cabras, um menino pastor. Com o passar do tempo, a menina conquista os moradores do vilarejo e, principalmente, o coração do avô, mostrando-lhe que é possível ser feliz e reencontrar a paz. Mas essa felicidade desaparece quando tia Dete volta para levá-la para Frankfurt. Escrito em 1880, Heidi, a menina dos Alpes mostra o contraste entre a vida selvagem e livre nas montanhas, com seus valores simples e essenciais, e a vida na cidade grande, com costumes, regras e valores muito diferentes. A narrativa acompanha o crescimento e as aprendizagens de Heidi, e, sem perder de vista os 136 anos que separam nossa vida hoje, no século XXI, da vida dos personagens, é uma fonte de descobertas e reflexões importantes para todos nós.
Opinião:
Faz uns dias que recebi esse livro do grupo Autêntica, mas pela falta de tempo acabei demorando para ler. Heidi é um infanto-juvenil  escrito em 1880, uma história simples e gostosa de se ler em qualquer idade.
Heidi a menina dos Alpes apresenta uma garota órfã,  indo morar com o seu  avô que mora no alto de uma montanha, um homem solitário e que todos tem medo, acreditam que uma garotinha tão frágil de cinco anos não aguentaria morar com ele, mas contra tudo o que diziam a garotinha cresceu bem, sempre se divertia com a vida simples e com a beleza da natura, além disso tinha um melhor amigo conhecido como Pedro das Cabras.  Um dia sua Tia Dete volta e quer levar a garota para fazer companhia para Clara, uma garota rica que é deficiente.
"O fantasma percebeu que estamos aqui e hoje não vem disse o doutor."
Heidi apesar de ser uma criança, trás alegria para todos que estão ao seu redor, ela possui muita bondade e sempre se preocupa com o bem estar de outras, ela não é uma criança mal criada e sim uma garotinha que cresceu afastada de outras pessoas e está tendo que lidar com muitas situações novas, como a se comportar e a vestir outras roupas, além de estudar. A casa do Sr. Sesemann se torna uma bagunça só que menos chata deixando Clara muito feliz com a companhia da nova amiga.
A menina dos Alpes alegra a todos com a bondade em seu coração. Uma criança fofa e inocente que só quer voltar a morar com o seu avô e viver com a beleza da natureza.
Quando a editora falou que esse livro estava disponível, eu não conhecia e logo fui procurar conhecer um pouco mais da história. Um livro leve e rápido de se ler.
A edição também está muito bem feita e possui belas ilustrações em preto e branco representando algumas situações do livro.
Depois de ler esse livro percebi algumas semelhanças da história, inclusive o nome de alguns personagens com uma novela que passa na Nickelodeon chamada Heidi: Bem-Vinda á casa que é uma novela argentina se não me engano, creio que se basearam na história do livro, mas não totalmente, alguns nomes podem ser o mesmo, mas a idade e outros personagens são diferentes. Não me julgue por curtir assistir algumas coisas da Nicke.
Uma boa história para quem gosta de livros infanto juvenil, inclusive ao ler até lembrei de uma blogueira que adora livros desse gênero,





Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Oi, Denise.

    Ainda não conhecia esse livro mas, pelo que você descreveu, parece ser uma história bem cativante, principalmente pra quem já gosta de livros infanto juvenis. =)

    Bjos,
    http://helendutra.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Dê!
    Não conhecia o livro, mas ele parece ter uma história encantadora.
    Se a blogueira que você lembrou foi a Monique, do Vivendo Sentimentos, eu também lembrei dela enquanto lia sua resenha. É super a cara dela esse tipo de história.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Não conhecia o livro, mas fiquei bem interessada e com vontade de ler ele. Adorei sua resenha, aliás!

    Beijos,
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Olá Denise, tudo bem?
    Eu ainda assisto coisas da Nick também, hahaha.
    Não conhecia o livro, nem a novela, mas achei bem interessante.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Denise, sua linda, tudo bem?
    Eu adoro histórias com crianças, me derreto toda. E principalmente essas em que elas transformam a vida de todos ao seu redor. Acho lindo e cativando, impossível não se emocionar. Não conhecia, mas não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir