20 de janeiro de 2018

MÚSICA | PLAYLIST DA SEMANA #103:

Hey pessoal, ia postar uma resenha ontem, mas fui em um aniversário e acabei demorando pra voltar. Aqui tá um calor lascado, mega abafado na onde vocês moram está como?. Bom espero que curtam a playlist de hoje.

17 de janeiro de 2018

Que tal uma dica ? #4

Eu ia escrever uma resenha hoje, mas fiquei com preguiça e deixei pra amanhã. Pessoal comecei a trabalhar até eu me acostumar na rotina vai demorar um pouquinho.


E-Book/ Livro - Memórias de uma Gueixa


Sinopse: Memórias de uma Gueixa" é um romance fascinante, para ser lido de várias maneiras: como um mergulho na tradicional cultura japonesa, ou um romance sobre a sexualidade, e ainda, como uma descrição minuciosa da alma de uma mulher já apresentada por um homem.  Seu relato tem início numa vila pobre de pescadores, em 1929, onde a menina de nove anos é tirada de casa e vendida como escrava. Pouco a pouco, vamos acompanhar sua transformação pelas artes da dança e da música, do vestuário e da maquilagem; e a educação para detalhes como a maneira de servir saquê revelando apenas um ponto do lado interno do pulso - armas e mais armas para as batalhas pela atenção dos homens. Mas a Segunda Guerra Mundial força o fechamento das casas de gueixas e Sayuri vê-se forçada a se reinventar em outros termos, em outras paisagens.
Esse não é uma história leve, é pesada podemos ver o que uma jovem passou depois que perdeu os pais em pleno ano de 1929, se apaixonou por quem não devia, foi parar no lugar errado ainda quando criança e se separou de sua unica parente viva. Eu já li esse livro duas vezes, é uma história intensa e parece ser baseada em fatos reais, o que é  triste por conta do que a  protagonista viveu.

Série -  When calls the heart


Sinopse: Ambientada nos anos 1800, conta a história de Elizabeth Tatcher (Erin Krakow),  uma rica mulher que decide abrir mão do conforto de sua classe social e viaja até uma pequena comunidade no Oeste para ser professora de colégio. Determinada a provar que ela é valente e consegue se manter sozinha, ela descobre, através de um diário secreto de sua tia, que a mesma também havia sido pioneira, e usa o diário como uma espécie de guia para embarcar nas próprias aventuras. 


16 de janeiro de 2018

Quotes da Semana:

Hey pessoal, faz uns dias que eu não faço um poste de quotes e para o de hoje eu escolhi quotes de livros que já li, mas nem todos chegaram a ser resenhado aqui no blog.
“Todos nós queremos ser alguém, mas temos medo de descobrir que não somos tão bons quanto todo mundo imagina que somos.” ( Cartas de amor aos mortos - Ava Dellaira)
"Nós nos transformamos nas garotas geladas e, quando ela tentou ir embora, eu a puxei de volta para a neve porque estava com medo de ficar sozinha." (Garotas de Vidro - Laurie Halse Anderson)
 "-Nem eu nem você sabemos qual é o seu destino. E talvez você nunca saiba! O destino não é sempre como uma festa no fim da tarde. Às vezes é apenas lutar na vida, dia após dia." (Memórias de uma Gueixa - Arthur Golden)
"Marley me fez pensar na brevidade da vida, em suas alegrias efêmeras e nas chances perdidas. Ele me lembrou de que cada um de nós tem apenas uma chance de conquistar a medalha de ouro, sem replay."  (Marley e Eu - John Grogan)
" Eu acho que a realidade é algo muito superestimado." (Um Dia - David Nicholls) 
"Não quero ficar no lugar ruim, em que ninguém acredita no lado bom das coisas, no amor ou em finais felizes, e onde todo mundo me diz que Nikki não vai gostar de meu novo corpo, nem vai querer me ver quando acabar o tempo separados. Mas também tenho medo de que as pessoas de minha antiga vida não sejam tão entusiásticas quanto estou tentando ser agora." (O Lado Bom da Vida - Matthew Quick)

15 de janeiro de 2018

Resenha | E Viveram Felizes Para Sempre (Os Bridgertons #9) - Julia Quinn:

Título: E Viveram Felizes Para Sempre (Os Bridgertons #9)
Autor: Julia Quinn
Páginas: 256
Nota: 3,5/5
Skoob: Link

Sinopse: Alguns finais são apenas o começo... Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos... Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza. Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes? A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton. Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.

Opinião:
E aqui estou com a resenha do último livro da série. E viveram Felizes para sempre é um livro de contos que são considerados um segundo epílogo das histórias, mas nem todos são fofocados nos protagonistas dos livros em si.
O primeiro é referente ao livro O Duque e eu, e fala sobre as cartas que o pai de Simon tinha deixado e que ele não tinha aberto no primeiro livro, mostra ele decidindo se leria ou não essas cartas, já o segundo conto é a respeito do livro O Visconde Que Me Amava que se passa durante uma partida de Pall Mall entre a família e foi onde o amor surgiu entre os protagonistas, o jogo meio que se tornou uma tradição entre a família depois do que aconteceu no livro e mostra o amor entre irmãos e entre marido e mulher, apesar das discussões e da briga pelo taco preto eles são unidos.
Bom o terceiro livro é sobre Um Perfeito Cavalheiro, mas o foco fica em Sophie tentando achar um pretendente para a sua irmã Posy, a que não era má com ela, já que Sophie queria que sua irmã também fosse feliz.
O quarto conto é do livro Os Segredos de Colin Bridgerton que é sobre Eloise descobrindo quem é Lady Whistledown, apesar de os principais envolvidos quererem adiar um pouco por conta do casamento da Eloise, mas não teve jeito já que possuem uma língua solta na família.
O conto do quinto livro Para Sir Phillip, Com Amor trás a enteada de Eloise, Amanda já adulta e na idade de se casar, então o foco é de quando a garota se apaixonada. O do livro O Conde Enfeitiçado ficamos sabendo se Francesca conseguiu realizar o seu maior sonho, o de ser mãe e além disso mostra que ela se tornou mais próxima de sua família. 
Já o conto do sétimo livro Um Beijo Inesquecível conta se a Hyacinth encontrou a famosa joias relatadas no diário da avó de seu marido. Bom o penúltimo conto do livro referente ao livro A Caminho do Altar fala da quantidade de filhos de Gregory e os nomes deles e por fim o último conto podemos conhecer um pouco mais de Violet e de como ela conheceu e se apaixonou pelo seu falecido marido, um conto que merecia virar um livro por sinal.
Cada conto em seu inicio possui um comentário pessoal da autora falando o porque da história escolhida para o conto.
Eu gostei dos contos, mas confesso que esperava mais de alguns deles e um dos que mais me decepcionou foi o conto referente ao livro  Os Segredos de Colin Bridgerton, gostei tanto do casal e quando veio o conto não era o que eu esperava, já que focava mais na Eloise. Agora os que mais gostei foram os contos do livro Um perfeito Cavalheiro e é claro o conto da matriarca da família, a Violet que foi uma grande mãe para os seus filhos.


 “Você pode até me amar mais, mas eu vou te amar melhor.” Ele esperou um momento. “Não vai me perguntar o que isso significa?”
“- Simon… Ele roçou o nariz na orelha dela. – Daphne… A boca dele se moveu ao longo da linha do pescoço dela, e Daphne se sentiu derreter. Vinte e um anos de casamento e ainda…
– Pelo menos feche as cortinas – murmurou ela.”
"Violet não bem como descrever, mas havia algo nele que a deixava à vontade. Ele a fazia se sentir feliz. Livre. Porque ele era assim. Bastara um minuto ao seu lado para ela perceber que ele era a pessoa mais livre e feliz que conhecia."

Livros:
1 - O Duque e Eu
2 - O Visconde Que Me Amava
3 - Um Perfeito Cavalheiro
4 - Os Segredos de Colin Bridgerton
5 - Para Sir Phillip, Com Amor
6 - O Conde Enfeitiçado
7 - Um Beijo Inesquecível
8 - A Caminho do Altar
9 - E Viveram Felizes Para Sempre


13 de janeiro de 2018

Música | Playlist da semana #102:

Hey pessoal, mais uma playlist aqui no blog, desculpem de quase não ter aparecido no blog, tive que fazer uma viajem de última hora por conta do serviço e como eu não tinha deixado muitos postes prontos ai não deu pra postar, como começo a trabalhar oficialmente na segunda vou tentar deixar os postes da semana pronto no fim de semana pra ver se fica mais fácil pra postar.